NOSSA HISTÓRIA

 

Sou Ingrid Carvalho, uma mulher aos pés de Jesus, cristã, esposa, mãe de três, fundadora da IllustreArte, assim como muitas mulheres eu comecei trabalhar por necessidade.

 

Antes de chegar até aqui eu fracassei em vários outros negócios que comecei, entre eles: feltro, E.V.A, costura, cosméticos. Sabemos que nossa vocação de esposa, mãe e dona de casa é mais do que um trabalho. Então que procurei trabalhar em algo que eu gostasse, já que teria que trabalhar, pelo menos assim não ficaria tão ruim.

 

 

Muitas mulheres, infelizmente, começam a trabalhar pra ter riquezas e uma vida confortável, só que o que elas esquecem é que o tempo não vai voltar e o que deixamos de ensinar para nossos filhos, vamos colher um dia.

 

Quando eu precisei trabalhar a minha principal prioridade continuou sendo minha família, eu procurei diversas formas de trabalhar em casa, mas que não atrapalhasse meu chamado (meu esposo e filhos). Orei muito pedindo ajuda de Deus.

 

Foi aí que comecei a trabalhar com personalizados e como sempre me propus a ajudar, muitas pessoas me escreviam pedindo pra ensinar a fazer Papelaria Personalizada.

 

E com um computador velho e lerdo, em cima de uma cômoda no meu quarto, que comecei a gravar o Curso de Papelaria Personalizada.

 

Sou totalmente contra deixar as crianças em uma escola em tempo integral, ou colocar crianças pequenas na escola sem ser por necessidade. Por melhor que seja a escola ela não educa, isso cabe aos pais, hoje em dia cada vez mais as mulheres estão saindo para trabalhar fora e cada vez mais os filhos estão se perdendo, embora ninguém relacione esses fatos.

 

 

 

COMO COMECEI

Gosto de sempre lembrar como eu comecei, e sou muito grata a Deus pelo que fez por mim. Quando eu comecei, meu computador ficava em cima de uma comoda no meu quarto.

 

Não fazia lembrancinhas impressas pois não tinha as ferramentas e nem podia comprar. Então fazia os kits para imprimir, onde o cliente é que fazia a impressão.

 

Trabalhei durante um tempo fazendo cartão de visita, tags, layout para blogs, mascotes e identidade visual em geral. E o dinheiro que recebia, usava parte para ajudar em casa e outra parte eu investia no meu negócio.

 

Depois de mais ou menos um ano trabalhando assim, comprei um notebook e me mudei para o sofá por ser mais confortável. Seis meses depois comprei uma cadeira giratória e meu marido comprou umas madeiras para fazer minha mesa de trabalho, já que minha sala era muito pequena, tinha que ser sob medida.

 

Logo comprei uma impressora a laser, ferramentas de corte mais simples e comecei a trabalhar com impressos. E depois de mais ou menos um ano comprei uma maquina de corte (Silhouette Cameo).

 

E com o tempo e com o lucro do negócio fui comprando tudo o que precisava e conforme a necessidade.

 

” O sonho mais ousado que você tiver, será pequeno comparado ao que Deus tem para você”