MINHA ROTINA DE ESPOSA, MÃE E EMPRESÁRIA

Oi pessoal, tudo bem?

Há um tempo atrás escrevi um post sobre a minha rotina de esposa, mãe e empresária. E como muita coisa mudou na nossa rotina, achei legal escrever novamente.

Bom, eu comecei a trabalhar pela necessidade de ajudar financeiramente em casa, e não por escolha minha. Mas agradeço a Deus por me permitir escolher ficar pertinho dos meus filhos, o que fez muita diferença no comportamento e educação deles. Posso afirmar isso depois de 8 anos trabalhando em casa.

É algo que vou sempre aconselhar, escolha trabalhar em casa e lute por isso. Infelizmente tem muitas pessoas que escolhem trabalhar em casa, mas por falta de uma rotina, acabam se sentindo estressadas, e deixando os filhos e a família em segundo plano.

As prioridades tem que estarem sempre bem definidas. Espero poder ajudar quem está passando ou vai passar por essa situação. Eu não trocaria por nada.

minha rotina(Imagem: Freepik)

5 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE MIM ANTES DE LER O POST:
1. Creio no Todo-Poderoso, Criador dos céus e da terra
2. Tenho 3 filhos: Iasminn (13), Matteo (10) e Samuel (4)
3. Sou casada há 14 anos
4. Não tenho secretária do lar
5. Samuel mama no peito em livre demanda e dorme no meu quarto*
(* ele dorme a noite toda desde uns 10 meses)

 
ACORDO ÀS 6H
Aqui priorizo muito o descanso, e necessito disso. Não gosto de ter uma rotina cansativa e agitada, e se eu não estiver bem descansada isso vai refletir no cuidado com minha família.

Por isso deitamos cedo, por volta de 20:30 estamos todos na cama, e os meninos já estão dormindo.

DICA: Deixamos tudo arrumado antes de dormir, casa organizada, louça limpa, etc

 

O QUE EU FAÇO DE MANHÃ:
– Oração: não gosto de levantar da cama sem orar, mesmo que seja uma oração rápida faz toda a diferença para ter um dia em paz.

 
– Café da manhã: tomamos café da manhã em família, o marido e os filhos mais velhos. Porque nesse horário o mais novo ainda não acordou.

 
– Crianças na escola: o marido leva as crianças na escola, os dois mais velhos vão pra escola, o Samuel (4) fica em casa. As aulas começam as 7:30h e eles saem as 7h de casa.

 
– Leitura da Bíblia e meditação: enquanto o marido leva as crianças para a escola eu gosto de ler a Bíblia e meditar. As vezes o Samuel já acordou, as vezes não. Se ele acordou, ele mama no peito antes do café da manhã dele enquanto eu leio a Bíblia.

E depois de mamar ele vai brincar e quando eu acabo de ler, sento com ele na mesa pra ele comer. Acho muito importante sentar com as crianças para comer.

 
– Tarefas da casa: Aqui em casa, cada um tem suas tarefas, temos uma tabela com as tarefas de cada pessoa da casa. Esse é um princípio que meu marido e eu ensinamos para as crianças desde pequenas, que todos precisam ajudar.

DICA: Evite as distrações ao longo do dia, WhatsApp, Redes Sociais, Filmes, Séries, Vídeos, só depois das prioridades.

Posso fazer um post sobre as tarefas de cada um e da minha rotina de limpeza da casa, caso queiram é só me avisar nos comentários.

 
– Faço almoço as 11:00.

– Almoçamos as 12:20: as crianças chegam por volta de 12:15h da escola, as aulas acabam as 11:50h, fica ótimo esse horário pra almoçar.

– Iasminn arruma a cozinha depois do almoço.

– Matteo leva o lixo e começa com as tarefas de casa.

minha rotina(Imagem: Freepik)

DAS 13H AS 17H EU TRABALHO NA ILLUSTREARTE

Nesse horário as crianças fazem a tarefa da escola, e depois brincam.

Eu faço várias pausas no trabalho para dar atenção a eles, mas consigo conciliar bem.

 
17H EM DIANTE

– A Iasminn(13) faz o jantar, ensinei ela a cozinhar com 12 anos e agora ela é quem faz o jantar todos os dias. Algumas vezes eu ajudo.

– 17:30h começa a rotina de banho e antes das 18:30 estamos quase todos de banho tomado. Só o marido que muda de horário de acordo com o trabalho dele.

– Jantamos por volta de 18:30h.

– Marido arruma a cozinha do jantar.

– Eu dobro e guardo as roupas que lavei de manhã.

– As 19:50h começa a rotina de dormir

– E por volta das 20:30h estamos todos na cama.

Procuro aproveitar o máximo meu tempo com as crianças, escutar, dar atenção, abraçar, beijar, cuidar. O tempo passa muito rápido e essas oportunidades não podem ser perdidas, pois não voltam jamais. E não há dinheiro no mundo que pague a falta que o pai ou a mãe fazem na vida dos filhos.

Tenho o hábito de perguntar todos os dias para meus filhos se aconteceu algo de ruim na escola, e o que aconteceu de bom também! Se perguntamos somente: – como foi na escola? a resposta é unânime: – foi tudo bem. Tento ser mais específica, para que eles respondam aquilo que quero saber.

Muitas crianças sofrem bulling e nem sabem disso. Aqui seguimos os princípios Bíblicos para criação dos nossos filhos.

 
CONCLUSÃO
Tentamos levar uma vida mais leve, sem distrações e sem ocupar muito a mente. Tente não se cobrar demais e nem se deixar levar pela opinião alheia, cada pessoa tem um modo de pensar diferente e o importante é respeitar.

Ter uma rotina ajuda a ter uma vida mais tranquila, principalmente com as crianças, eles sabem o que vai acontecer e não precisam se estressar. Aqui até o Samuel com 4 anos já entende a rotina e ele sofre quando alguma coisa sai fora do esperado, justamente porque ele já acostumou com a rotina.

Ter uma rotina não quer dizer ter uma vida cheia de regras, mas é ter controle sobre as suas prioridades e controle sobre o que você faz com o seu tempo, e uma vida sem rotina é ser controlado pelo tempo, ou pela falta dele.

Espero muito ter ajudado.

Me deixe saber sua opinião nos comentários. Se tiver alguma dica e quiser compartilhar.

2 comentários em “MINHA ROTINA DE ESPOSA, MÃE E EMPRESÁRIA

  1. Ingrid, parabéns por tudo que conquistou. Sua rotina de mãe, empresária, esposa é nota 10! E vc tem 3 filhos. Me vejo estressada as vezes com um só. Mas acho que é isso que vc falou no post. Rotina!
    Se tem hora para cada coisa, vai fluindo e as coisas acontecem. Tb concordo que as distrações fazem a gente mudar o rumo e perder tempo. Eu trabalho fora 20hs na semana e em casa tb por home office, mas priorizo o tempo que tenho em casa com meu filho para dar tempo a ele. As vezes confesso que não consigo e acabo trabalhando no horário que previamente defini para ficar com ele. Vou rever minha rotina e tentar chegar perto do que vc mostrou para gente nesse post. Muito Obrigada! bj

    1. Aline, boa tarde!

      Obrigada pela visita, pelo comentário e por dividir um pouquinho da sua história comigo.

      É um processo longo, eu comecei quando minha primeira filha era bebê. E até hoje vivo em ajustes, porque sempre estamos passando por fases diferentes em nossas vidas. O importante é começar, ser consistente e ir de pouco a pouco.

      Dá um alivio sabe! Quando a gente consegue se ajustar é muito prazeroso, sabemos o que vai acontecer e quando teremos o nosso tempinho livre.

      Mas tem que ter renuncia também, abrir mão das coisas que a gente gosta temporariamente, pra ajustar as necessidades dos membros da casa e então a gente escolhe um horário para as coisas que a gente gosta.

      Conte comigo!

Comentários estão fechados.